quarta-feira, 18 de março de 2009

Ou Se Ama ou Não



Acredito que o problema não é um amar mais e outro amar menos,
chego a conclusão que ou se ama ou não.
O que difere é que só podemos expressar o amor de acordo com o que somos:
uma pessoa mesquinha expressa o amor de uma forma mesquinha
uma pessoa generosa, doa-se por completo ao amar...
e por aí vai!
A sorte é que podemos nos apaixonar não só por pessoas, mas pela vida, e essa sim, retribui de forma justa aquilo que somos e nossa lealdade à nós mesmos.
By professora Harah

8 comentários:

  1. Nossa, amei seus blogs, to acompanhando...

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. tEM SELO DO DIA DO BLOGUEIRO PRA TI.
    BEIJOCAS

    ResponderExcluir
  3. Engano com palavras mudas o grito que cala
    Esperanças na ponta da lança que fere o peito
    Atingindo sentimentos sentidos por defeito
    Descritos pelo som da escrita, que por si fala

    Passando para agradecer a gentil visita
    Retribuindo de uma forma que emana
    Em aqui estar e ler sua sublime escrita
    E desejar-lhe uma extraordinária semana

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  4. Engano com palavras mudas o grito que cala
    Esperanças na ponta da lança que fere o peito
    Atingindo sentimentos sentidos por defeito
    Descritos pelo som da escrita, que por si fala

    Passando para agradecer a gentil visita
    Retribuindo de uma forma que emana
    Em aqui estar e ler sua sublime escrita
    E desejar-lhe uma extraordinária semana

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  5. Belo o blog o seu meu caro..
    Bem o tipo que gosto de ler..
    vou seguir vc e linkar ok..assim não perco de vista
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Ou toca ou não toca.
    Clarice Lispector

    "... é uma questão de entrar em contato"

    ResponderExcluir
  7. Sei dizer que amar é único, sei dizer que amar com sentimento é apenas uma vez, as outras só são palavras, isso é o coração com medo de sofrer.
    Beijos

    ResponderExcluir