segunda-feira, 21 de abril de 2014

Amor...

Eu Sempre Vou Te Amar

Se eu ficasse
Eu só estaria no seu caminho
Então eu irei embora, mas eu sei
Que pensarei em você
Em cada passo do caminho

E eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar
Você, você meu querido

Doces amargas lembranças
São tudo o que eu levo comigo
Então adeus, por favor, não chore
Nós dois sabemos que eu não sou o que você, você precisa

E eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar, oh

Eu espero que a vida te trate bem
E eu espero que você tenha tudo
Tudo o que você sonhou
E eu te desejo alegria
E felicidade
Mas acima de tudo, te desejo amor

E eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar
Eu, e u sempre vou te amar

Querido, eu amo você
E sempre irei
E sempre irei
Amar você

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Eu Te Amo e vou Gritar...

Amanheci sozinho
Na cama um vazio
Meu coração que se foi
Sem dizer se voltava depois
Sofrimento meu
Não vou aguentar
Se a mulher
Que eu nasci pra viver
Não me quer mais
Sempre depois das brigas
Nós nos amamos muito
Dia e noite a sós
O universo era pouco pra nós
O que aconteceu
Pra você partir assim
Se te fiz algo errado
Perdão!
Volta pra mim
Essa paixão é meu mundo
Um sentimento profundo
Sonho acordado um segundo
Que você vai ligar
O telefone que toca
Eu digo alô sem resposta
Mas não desliga
Escuta o que eu vou te falar
Eu te amo e vou gritar
Pra todo mundo ouvir
Ter você é meu desejo de viver
Sou menino e teu amor
É que me faz crescer
E me entrego, corpo e alma
Pra você
Sempre depois das brigas
Nós nos amamos muito
Essa paixão é meu mundo
Um sentimento profundo
Sonho acordado um segundo
Que você vai ligar
O telefone que toca
Eu digo alô sem resposta
Mas não desliga
Escuta o que eu vou te falar
Eu te amo e vou gritar
Pra todo mundo ouvir
Ter você é meu desejo de viver
Sou menino e teu amor
É que me faz crescer
E me entrego, corpo e alma
Pra você
Eu te amo e vou gritar
Pra todo mundo ouvir
Ter você é meu desejo de viver
Sou menino e teu amor
É que me faz crescer
E me entrego, corpo e alma
Pra você
By Cleberson Horsth / Ricardo Feghali / Roupa Nova

Linda...


Linda
Só você me fascina
Te desejo muito além do prazer
Vista meu futuro em teu corpo
E me ama como eu amo você
Vem
Fazer diferente
O que mais ninguém faz
Faz parte de mim
Me inventa outra vez
Vem
Conquistar meu mundo
Dividir o que é seu
Mil beijos de amor
Em muitos lençóis
Só eu e você
Linda
Conte a mim teu segredo
Pro meu sonho
Diga quem é você
Livre
Nunca mais tenha medo
Pois quem ama
Tudo pode vencer
Vem
Fazer diferente
O que mais ninguém faz
Faz parte de mim
Me inventa outra vez
Vem
Conquistar meu mundo
Dividir o que é seu
Mil beijos de amor
Em muitos lençóis
Só eu e você
Vem
Fazer diferente
O que mais ninguém faz
Faz parte de mim
Me inventa outra vez
Vem
Conquistar meu mundo
Dividir o que é seu
Mil beijos de amor
Em muitos lençóis
Só eu e você
Eh! Eh! Linda!
Só você me fascina
Te desejo muito além do prazer

Vista
Meu futuro em teu corpo
E me ama como eu amo você
Você

By Tavinho Paes / Roupa Nova

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Agora e sempre, dormindo e acordando...

Vou lembrar de você
Vou lembrar de você a cada arco-íris
A cada eclipse, a cada elipse;
A cada anáfora, a cada aliteração;

Lembrarei de você a cada assonância
E na ressonância da minha vida eu lembrarei de você
Lembrarei de você a cada zeugma,
A cada polissíndeto, a cada inversão
E nas inversões que cometi, da covardia dessa vida;
Te perder será sempre a mais sofrida;

Lembrarei de você a cada silepse,
A cada anacoluto, a cada pleonasmo;
E ao subir para cima do alto da minha consciência
Entrarei para dentro do meu coração,
Sofrendo mais lágrimas que as águas do meu corpo;

Lembrarei de você a cada antítese,
A cada ironia, e na ironia da minha arrogância,
Mostrarei que se me acho um deus,
É esse deus que te ama, e por isso não sou ninguém sem você;

Lembrarei de você a cada eufemismo,
A cada hipérbole, a cada prosopopéia;
E ainda que meus filhos não sejam seus
Lembrarei de ti a cada um que eu fizer,
A cada um que eu ver nascer,
A cada um que nomear;

Lembrarei de você a cada gradação
A cada clímax;
E no clímax da minha vida
Quando cada segundo dessa vida
Passar pela minha frente, você será sempre...
O ponto culminante;
Vou lembrar de você a cada apóstrofe,
A cada metáfora, a cada metonímia;

Vou lembrar de você a cada catacrese;
E sempre que parar para estudar,
Ler um livro, ouvir uma palavra em inglês,
Alemão, espanhol ou francês, eu lembrarei de você;

Lembrarei de você a cada antonomásia,
A cada perífrase, a cada sinestesia
A cada barbarismo;
E lembrarei sempre da barbaridade que foi
Te fazer sofrer, barbarizado por um dia te perder;

Vou lembrar de você a cada solecismo,
A cada ambigüidade, a cada cacófato,
A cada neologismo, a cada arcaísmo,
A cada eco;
E o mundo ouvira o eco dos meus gritos
Ao chorar seu nome;

Vou lembrar de você ao ver cada animal,
A cada cachorro que afagar, eu lembrarei de você;

Vou lembrar de você, em cada música que ouvir,
A cada mpb, a cada Tim, a cada Fabio, a cada Raul,
Vou lembrar de você no norte e no sul;

Vou lembrar de você em cada filme que assistir,
Em cada narnia, em cada potter, na dúvida de quem somos nós,
A cada segredo, a cada cine E... F.... G....;

Vou lembra de você em cada faculdade que eu entrar
Em todas as vezes que eu rir ou chorar,
Vou lembrar de você não só nos arco-íris,
Mas em cada sorriso que eu assistir,
Pois, nada na vida foi mais lindo
Do que ver você sorrir;

Vou lembrar de você a cada teatro,
A cada show, a cada espetáculo,
A cada evento família,
E quando eu estiver entre família;

Vou lembrar de você quando caminhar,
E em cada passo que eu der,
Lembrarei de nossos momentos,
De nossas conversas, de nossas discussões,
De suas idéias contrarias às minhas
E da minha empáfia, ao dizer:
“eu sei, eu fui, eu vou, eu estou”;

Vou lembra de você cada vez que respirar,
Cada vez que perder o ar,
Cada vez que amar,
Sempre que me apaixonar;

Vou lembrar de você em cada banco de praça,
Em cada carro que tiver,
Em cada viagem que fizer,
Em cada montanha que eu subir
Em cada beijo que eu der;

Vou lembrar de você em cada oração,
Em cada meditação, em cada exercício,
Em cada yoga, em cada noite aconchegante,
Em cada vela acesa, em cada abraço,
Toda vez que um cabelo tocar meu rosto
E soprar seu nome em meus órgãos,

Vou lembrar de você em cada noite de amor,
Em cada caras e bocas, em cada gritos e fugas,
Vou lembrar de você sempre que meu coração bater,
Sempre que o telefone tocar, ou que uma mensagem chegar;

Vou lembrar de você a cada poema;
Cada vez que eu escrever,
Cada aula que eu der,
Em cada vitória que eu tiver,
Cada vez que eu escorregar,
Sempre que eu falhar;

Vou lembrar de você sempre que eu cair,
Cair em tentação, e ver o quanto sou mortal,
O quanto tenho que evoluir;

Vou lembrar de você em cada parque,
Em cada peixe, em cada arroz com hortelã,
Em cada escada, em que parar e lembrar
Da escada da minha vida,
Da escada que mudou minha vida;

Vou lembrar de você em cada São Bernardo,
Em cada São Caetano, em cada Santo André,
Em cada Mauá, em cada Ribeirão,
Em cada vez que eu suar por muito caminhar,
Em cada lembrança que eu queimar,
Em cada brinquedo que eu brincar;

Vou lembrar de você...
Sempre, Sempre, Sempre,
Em cada família que eu ver,
Toda vez que comer,
Em cada Filosofia, em cada Poesia,
Poesia, Poesia, nossa história é uma Poesia.

Vou lembrar de você em cada Beatles,
Em cada natal, em cada ano novo, em cada páscoa,
Em cada we are the word, em cada I wich,
Em cada latim, em cada jasmim;
Em cada Era, em cada Enya, em cada Maná;

Lembrarei de você em cada chakra,
Em cada bombom, em cada soverte,
Em cada danone, em cada promoção,
Em cada pão, cada vez que eu chorar;

Vou lembrar de você toda vez que eu mentir,
Ou falar a verdade,
Vou lembrar de você a cada amigo,
Toda vez que eu perder,
Sempre que eu tomar banho, ou não...;

Vou lembrar de você em cada cócega,
A cada fuga, a cada palco,
Ainda que lá passe filmes verdes,
Amarelos, azuis, roxos, ou vermelhos;

Vou lembrar de você a cada doce,
A cada torta, a cada bolo, a cada tapioca,
A cada goiaba, a cada pão de queijo,
A cada pipoca, a cada padaria,
Seja ela quente ou fria,
Seja ela linda ou depressiva;

Vou lembrar de você a cada chá,
De citros, morango, canela, maça,
Jasmim, hortelã, menta ou mate;

Vou lembrar de você a cada dança,
A cada passo desajeitado e duro,
A cada dieta, a cada vitamina,
Vou lembrar de você a cada pão,
A cada ônibus que eu perder,
A cada comida diferente que eu ver;

Vou lembrar de você a cada pijama que eu vestir,
A cada mordida que eu sentir,
Em cada cabelo com cheiro de comida,
Em cada cachoeira não ida,
Em cada esperança perdida.

Lembrarei de você em cada ritual,
Em cada bolacha de sal,
Em cada momento paranormal,
Em cada susto, em cada promessa,
Em cada corrente, em cada bicicleta;

Vou lembrar de você em cada casal que eu ver,
Toda vez que eu gemer, ou tremer,
Em cada roxo que eu deixar,
Em cada ágape,
Em cada amor, animal, normal ou divino;

Vou lembrar de você em cada Tai chi,
Em cada Karatê, em cada feira,
Em cada Sei cho no ie,
Vou lembrar de você em estudo da consciência,
Em cada bronca que eu tomar,
Em cada mulher que me cantar,
Em cada mitologia, Grega, Romana, Egípcia,
Em cada Hercules, Helena, Teseu, Ulisses, Aquiles,
Sempre que eu algo desesperador furar;

Vou lembrar de você em cada casquinha,
Em cada siciliano, em cada biblioteca,
Em cada carrefour, em cada caravanas,
Em cada pizza, em cada lua, em cada sol,
Em cada americanas, bahias, ou pernanbucanas;

Vou lembrar de você toda vez que furar o pneu,
Em cada briga, em cada defesa de meus amigos,
Em cada raiva, em toda felicidade,
Em toda casa sem corredor;

Vou lembrar de você na câmara dos vereadores,
Na prefeitura, em casa e na rua,
Vou lembrar de você em cada ciúmes,
Em cada mensagem no orkut, em cada email vigiado;

Vou lembrar de você toda vez que me sentir amado,
E toda vez que me sentir traído,
Toda vez que me sentir feliz,
E toda vez que me sentir ferido,
Em cada pedido de namoro ou de casamento,
Vou lembrar de você a cada momento;

Vou lembrar de você toda vez que o sol brilhar em meu rosto,
Toda vez que sentir em minha boca seu gosto,
Em cada café da tarde com a família reunida,
Em cada vida perdida;

Vou lembrar de você em cada choro desesperador,
Ou meigo de amor,
Vou lembrar de você em cada lagrima de sentimento,
Ou nas de simples momentos.

Vou lembrar de você na cama, no chuveiro e no chão,
No yahoo, no pop, no bol, gmail,
Vou lembrar de você nos momentos de maior emoção,
Na vida, na alma, no coração;

Vou lembrar de você toda vez que eu cantar,
Toda vez que eu tocar violão,
Em cada música, que ouvir,
Serei eu te pedindo perdão;

Vou lembrar de você em cada madrugada,
Nas manhãs, nas tardes e nas noites,
Nos forrós, nas represas, nas papadas,
Em cada ruga que aparecer,
Em cada plano que eu fizer e não cumprir,
Eu por isso eternamente sofrer;

Vou lembrar de você em cada anjo que eu ver,
Sempre que alguma coisa comigo mexer,
Vou lembrar de você em cada frase,
Nunca irei te esquecer;
Vou lembrar de você a cada Primavera, verão, outono inverno,
E Primavera;

Eu não vou lembrar de você quando ver um arco-íris,
Vou lembrar de você nos olhos das deusas,
Afrodite, Hera, Ártemis, Psique, Andrômeda,
Vou lembrar de você em cada estrela,
Em cada planeta em cada constelação;

Eu não vou lembrar de você quando ver um arco-íris,
Vou lembrar de você a cada madana mohana,
A cada Hare Krisna, a cada Iolanda,
Vou lembrar de você quando eu encontrar Deus,
E lhe questionar porque nos fez assim,
Egoístas e apaixonados, por que nos dar o Amor,
E nos ensinar a sofrer, por que a felicidade é passageira,
Se os sentimentos são eternos;

Não, eu não vou lembrar de você,
Só quando ver o arco-íris,
Não tem como,
Eu vou lembrar de você sempre,
Por toda a eternidade,
Por que um anjo...

Por que um amor verdadeiro,
Jamais se esquece,
É eterno,
E como acredito que somos eternos,
Vou te amar eternamente,
Eu vou lembrar de você eternamente.


By Meier

quinta-feira, 10 de abril de 2014

segunda-feira, 31 de março de 2014

quarta-feira, 26 de março de 2014

quarta-feira, 19 de março de 2014

Por toda eternidade...


A leveza na beleza...

E a beleza da leveza...


No Tempo do Infinito... no Espaço do Universo...


No Tempo do Infinito...
No Espaço do Universo...
As Lágrimas mais marcantes,
São aquelas que derivam
Da mais pura felicidade.

terça-feira, 11 de março de 2014

domingo, 2 de março de 2014

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Tudo que é dourado me fará lembrar de ti...


“Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. Os teus me chamarão para fora da toca, como se fossem música. E depois, olha! Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim não vale nada. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelos dourados. Então será maravilhoso quando tiveres me cativado. O trigo, que é dourado, fará com que eu me lembre de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo...”

Mandela Day

Espectador desta parte da História.

Quando no Ensino Fundamental eu estudava o Apartheid, vivenciando aquela parte da História em que Nelson Mandela ainda estava preso e o conhecimento do que acontecia inconformava.




terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Romantismo...

QUE BONITO. Se os homens fossem românticos como antigamente, como reagiriam as mulheres? Te garanto que se mais homens tomassem essa atitude, muitas mulheres teriam pelo menos um dia ou uma semana de exaltação e uma lembrança inesquecível.

domingo, 1 de dezembro de 2013

domingo, 17 de novembro de 2013

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Boo


terça-feira, 29 de outubro de 2013

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Quando vemos um anjo...


Aproveita a passagem do Anjo...
Ele passa tão rápido que mal da tempo de um único olhar.
Mas este único instante vale por toda eternidade.
Um brilho de luz na alma, que marca toda a existência...
Enfeitiça e encanta pra sempre.
Aproveita a passagem do Anjo,
Ele passa rápido...
Demais...

Te Adoro em Tudo...

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

terça-feira, 1 de outubro de 2013

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Era uma vez...

Trilha Sonora...

A Trilha Sonora perfeita...

A Trilha Sonora sempre disse tudo...

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

terça-feira, 3 de setembro de 2013

domingo, 1 de setembro de 2013

terça-feira, 27 de agosto de 2013

domingo, 25 de agosto de 2013

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

domingo, 21 de julho de 2013